quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Viver é transcender o estado vegetativo,é valorizar o dom da vida, é sentir o valor de poder e saber ver a grandiosidade da criação Divina. É apreciar a beleza do desabrochar de uma flor, a transformação da lagarta numa linda borboleta. É sentir a pele arrepiar-se de prazer ao toque do vento, é ver a pureza no sorriso de uma criança e paz no olhar tranqüilo do ancião.Viver é deslumbrar-se ao ver o sol rompendo a madrugada, para nos brindar com mais um dia de luz e calor. É extasiar-se ao ver o sol mergulhar no horizonte ao fim do dia, abrindo espaço para a noite reinar com seu manto azul majestosamente bordado de estrelas prateadas, iluminadas pela mãe lua.Viver é encantar-se com os sons da natureza: das aguas caindo em cascatas e correndo pelos rios, do suave murmúrio da vegetação ao toque do vento, é quedar embevecido com o canto dos pássaros e a suavidade do matiz de suas penas. É sentir o cheiro de terra molhada invadindo os pulmões e louvar a Deus por tanta beleza.Viver é ser romântica, é sentir o amor no ar e sofregamente embriagar-se com ele.Viver é flutuar alegremente, sentindo-se tocar as estrelas, por ter o coração cheio de amor.Viver é dar valor às pequenas coisas, aos pequenos gestos. São os pequenos detalhes, que valorizam as atitudes.Viver é ser, é sentir-se partícula do amor de Deus, é sentir completamente a integração- criatura e Criador – num só elo de amor e paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário